Habilidades do Selecionador

Muito se fala nas habilidades, competências, comportamentos e experiências que o candidato a uma vaga no mercado de trabalho deve possuir, aprimorar e/ou adquirir. Porém, o selecionador também é um colaborador de uma empresa (seja ele parte de um departamento de RH ou de uma consultoria especializada) e para tanto, inclusive para ser selecionado como selecionador, também precisa desenvolver um determinado conjunto de habilidades e competências.

Listemos então uma listaque não é um top 10, portanto, tais habilidades e competências não estão listadas em ordem de importância. A numeração foi inserida apenas para facilitar a localização através do texto:

1. Sensibilidade

Primeiramente o selecionador deve ter a sensibilidade para perceber os anseios, desejos e necessidades do mercado de trabalho. É preciso ter um “feeling” para reconhecer quais comportamentos, características ou perfis são mais ou menos favoráveis para uma determinada função.

2. Conhecimento da cultura interna da organização

Não adianta ter sensibilidade, se não se sabe para o que se deve atentar ou o que se deve perceber. Logo, o selecionador precisa conhecer profundamente a empresa para a qual realiza a seleção (seja ele um colaborador direto ou um consultor contratado). Além de conhecer os aspectos econômicos e produtivos da organização, o selecionador também deve conhecer sua cultura e ambiente interno. Pois, somente com tais conhecimentos ele quais características abstratas (comportamentos, capacidade de liderança, etc.) procurar efetivamente em um candidato.

3. Visão Holística da empresa

Por selecionar colaboradores para toda a organização (e não apenas para o Departamento de RH), o selecionador deve conhecer a respeito de todos os setores. Ou seja, não pode apenas ter uma visão da empresa voltada para a sua área de especialidade (no caso Recursos Humanos), mas sim uma visão do funcionamento da empresa como uma unidade orgânica (uma visão holística).

4. Prisma de “Network”

O selecionador não pode apenas ver a empresa como um todo orgânico isolado, mas sim ter a visão desse todo orgânico inserido em um contexto, ou seja, em sua relação com outras empresas. É claro, não basta apenas possuir esse prisma de visão, o selecionador precisa possuir contatos por toda essa rede (uma network de contatos na network de empresas).

5. Contato com gerência e direção

O selecionador também precisa ter contatos na direção e na gerência da organização. Seja para conhecer sua cultura interna, seja para conhecer os resultados das empresas ou até mesmo para aprimorar sua visão holística (já que os cargos de gerência e de direção tendem a ver as coisas “de cima”).

6. Poder de decisão

Apesar de ter que levar em contas diversos fatores, opiniões e pontos de vista, o selecionador deve ser capaz de perceber quais candidatos se encaixam ou não em um perfil para ir eliminando aqueles candidatos que não são considerados como adequados.

7. Habilidades de Consultor

Em grande parte das vezes, não caberá ao selecionador tomar a decisão final. Mas, sim a confecção de um relatório final ou a emissão de uma opinião a respeito dos funcionários. O selecionador portanto deve ter facilidade em transferir sua visão de prós e contras a respeito de um determinado funcionário para a pessoa responsável pela decisão final.

8. Empatia

Além da sensibilidade para saber quais são as necessidades da empresa e do mercado, é preciso ter empatia (habilidade de entender as pessoas) para saber reconhecer tais comportamentos e habilidades nas pessoas.

9. Conhecimento das competências

Não basta apenas ter uma visão holística. O selecionador precisa também saber transformar os conhecimentos necessários para a vaga em questão em um perfil capaz de ser reconhecido nos candidatos (por meio de sua empatia).

10. Agilidade de planejamento

Como o selecionador deve receber sugestões e estar atento para as necessidades de várias áreas, é preciso ter agilidade para comutar todas essas necessidades em um único planejamento. Além disso, deve ser capaz de alterar seu planejamento com agilidade e rapidez na medida em quereceber novas opiniões ou que lhe forem comunicadas novas necessidades.

Mais artigos
© Copyright 2012 Link Empregos - Todos os direitos reservados